Moscas na indústria alimentícia: saiba como acabar com elas | Syngenta PPM

You are here

Moscas na indústria alimentícia: saiba como acabar com elas

Saúde Pública
22.01.2021
Moscas são o terror da indústria alimentícia

As moscas são o terror da indústria alimentícia: elas ingerem fezes e alimentos em decomposição, mas também adoram açúcar e frutas frescas. A presença delas é um risco sanitário para locais que atuam com a manipulação de alimentos, já que elas podem transmitir mais de 100 diferentes tipos de organismos causadores de doenças como cólera, disenteria e outras. Não é à toa que existam normas tão rígidas de higiene e boas práticas para assegurar a proteção das empresas do setor.

Além de causar incômodo e problemas de saúde, as infestações podem gerar prejuízos financeiros, pois a contaminação dos alimentos exige que eles sejam descartados. A presença de moscas nesses ambientes também pode ser motivo para multas da Vigilância Sanitária e até mesmo levar à interdição das operações.

Como evitar a presença de moscas na indústria alimentícia

As moscas precisam dos quatro A’s para se estabelecer em um local: acesso, abrigo, água e alimento. Quando elas não encontram esses elementos, deixam de permanecer no ambiente. Sendo assim, aderir a algumas medidas preventivas é indispensável para o controle desses insetos, a fim de evitar prejuízos.

Além das portas e janelas, as moscas têm acesso à cozinha pelas aberturas e frestas das paredes, ralos e instalações hidráulicas mal feitas. Dessa forma, deve-se manter as portas e janelas fechadas e utilizar tela nos pontos de entrada do inseto.

As moscas são atraídas pelo odor e costumam depositar seus ovos nos alimentos, mas o simples contato já pode ser suficiente para transmitir parasitas. Por isso, é preciso manter as comidas sempre protegidas, cobertas ou em recipientes bem fechados. Outras medidas preventivas são:

  • vedar rachaduras nas paredes;

  • descartar rapidamente os alimentos vencidos ou estragados;

  • remover o lixo orgânico diariamente, depositando-o em caçambas ou latões fechados, de preferência em áreas separadas da cozinha;

  • preservar as pias e os locais de armazenamento de comida sempre limpos.

Inseticidas para o controle de moscas

Embora os cuidados preventivos sejam efetivos, em alguns casos é necessário ir um pouco mais além realizando o controle de pragas com agentes químicos. Para isso, deve-se buscar um profissional especializado em controle de pragas urbanas a fim de evitar o uso irregular de inseticidas, o que pode comprometer a saúde das pessoas e causar riscos ambientais.

Para se obter um controle efetivo, é necessário realizar pulverizações localizadas em pontos onde há desenvolvimento de larvas da mosca, já que estima-se que 85% das infestações estão no ambiente de forma imatura. Isso pode ser feito com o inseticida Optigard LT, que já vem embalado em sachês hidrossolúveis na dosagem apropriada, conferindo praticidade na hora da aplicação. Além disso, oferece baixa toxicidade, sendo ideal para aplicação em locais mais sensíveis.

Já a aplicação em superfícies próximas a pontos de acesso e locais onde as moscas costumam pousar, como paredes, ao redor de janelas e vegetação, pode ser realizada tanto com Optigard LT quanto com Demand 10CS. Ambos os inseticidas contribuem para a formação de uma barreira química com efeito residual para a prevenção e manutenção de um controle por mais tempo. Com uma formulação inovadora e estável, Demand 10CS oferece um melhor custo-benefício no tratamento de áreas maiores.

Quer saber mais sobre os inseticidas para o controle de moscas e outros insetos na indústria alimentícia? Confira o nosso portfólio completo!