You are here

Share page with AddThis

Soluções e Controle de Escorpião

Tityus serrulatus.

Escorpiões são animais pertencentes ao filo dos artrópodes, com hábitos noturnos, facilidade de entrada e abrigo em diversos ambientes, predadores e que se alimentam de insetos como: baratas, grilos, cupins, aranhas, entre outros. Algumas espécies estão muito bem adaptadas ao meio urbano. São  encontrados com facilidade em esconderijos escuros e úmidos. Seus inimigos naturais são algumas aves, répteis (como lagartos), anfíbios e algumas espécies de aranhas.

Dentre todos os animais peçonhentos, os escorpiões são responsáveis pela maior parte dos acidentes no Brasil, superando, atualmente, o número de acidentes com serpentes em território nacional.

 

Espécies de escorpiões mais comuns no Brasil

São conhecidas cerca de 1600 espécies de escorpiões, todas venenosas, em todo o mundo, mas apenas 25 são consideradas interesse de saúde. Só no Brasil são mais de 160 espécies presentes. As espécies do gênero Tityus, como o escorpião amarelo (Tityus serrulatus), que pode ser encontrado em todas as regiões do país, estão entre as mais perigosas, pois são capazes de causar graves acidentes, podendo levar a óbito, principalmente crianças e idosos. Geralmente os escorpiões do genero Tityus são aracnídeos de pequeno porte, possuindo entre 2,5 a 9 cm de comprimento.

 

Ciclo de vida dos escorpiões

O escorpião amarelo (Tityus serrulatus) não possui machos em sua espécie, somente fêmeas que se reproduzem através da partenogênese (reprodução assexuada), bastando que a fêmea encontre condições propícias no ambiente.. Por esse motivo, a multiplicação dessa espécie ocorre muito mais facilmente,na qual cada mãe tem aproximadamente dois partos por ano com, em média, 20 filhotes cada, chegando a 160 filhotes durante toda a vida.

Os filhotes permanecem no dorso da mãe durante os primeiros dias após seu nascimento, hábito observável também em outras espécies de escorpiões.

 

Dicas para o manejo integrado de escorpiões

O escorpião amarelo pode se dispersar pelo transporte de madeiras, materiais de construção, móveis, vestimentas e qualquer outro material onde esteja escondido. Entre as medidas que podem ser tomadas para prevenir o aparecimento de escorpiões, estão:

●      Identificar e remover os locais com entulhos e restringir possíveis abrigos;

●      Manejar adequadamente o lixo e a vegetação no ambiente; Manter quintais limpo

●      Corrigir frestas e bloquear possíveis pontos de acesso;  

●      Reduzir a disponibilidade de alimento, realizando o monitoramento e o controle de infestações que são predadas, como é o caso da barata e aranhas.

Para que não ocorram acidentes é muito importante ficar atento e, ao menor sinal, realizar o controle de escorpiões com uma empresa especializada, que poderá utilizar os produtos devidamente registrados para esta finalidade.

 

Escorpiões: soluções Syngenta

Confira as soluções desenvolvidas pela Syngenta para o controle de escorpiões em ambientes internos:

DEMAND 2.5 CS e DEMAND 10 CS

Demand é um inseticida piretróide microencapsulado, cujo ingrediente ativo é envolvido por uma membrana especial, o que aumenta a resistência e a persistência do produto nas superfícies tratadas.

- Os escorpiões amarelos Tityus serrulatus apresentaram grande sensibilidade ao princípio ativo de Demand em testes realizados;

- A formulação de Demand resulta em um potente efeito residual, ideal para controle dessas espécies em áreas urbanas;

- Demand também é registrado e utilizado em outros países, como México e EUA, para controle de escorpiões em áreas urbanas;

- Demand possui embalagem autodosadora, que proporciona maior precisão na dosagem do produto.