Escorpião amarelo: boas práticas de prevenção e controle

Saúde Pública
Escorpião amarelo é considerado uma das espécies mais venenosas da América do Sul, capaz de causar acidentes graves

O escorpião amarelo (Tityus serrulatus) é uma das mais de 100 espécies de escorpiões catalogadas no Brasil. Pode ser encontrado em todas as regiões do país e é considerado um dos escorpiões mais venenosos da América do Sul, capaz de causar acidentes graves, que podem levar a óbito pessoas e animais.

Essa espécie mede cerca de 7cm de comprimento e apresenta coloração amarelada nas pernas, palpos e “cauda”. O dorso apresenta manchas castanho-escuras. Tem uma visão pouco desenvolvida, que é compensada por pelos sensoriais que auxiliam na localização de suas presas.

De hábitos noturnos, o escorpião amarelo vive em ambientes escuros, quentes e úmidos, onde possa se alimentar de insetos, especialmente baratas. Na região urbana, pode ser encontrado em locais com entulhos e pedras, mas também pode se abrigar dentro de sapatos, junto a roupas, etc.

Sua reprodução ocorre por partenogênese, ou seja, sem reprodução sexuada e a partir de um único indivíduo. Podem ser gerados cerca de 20 filhotes, que se desenvolvem dentro do corpo da mãe. Ao longo de sua vida, cada fêmea pode gerar aproximadamente 160 filhotes. 

Para se reproduzir, a fêmea necessita de boas condições de alimentação e de temperatura. O clima quente e chuvoso, como é o caso do verão, oferece as melhores condições para o desenvolvimento desse invertebrado.

Boas práticas de controle de escorpião amarelo

O escorpião amarelo se estabelece em lugares onde encontra os quatro A’s: acesso, abrigo, alimento e água. Eles podem se dispersar pelo transporte de madeiras, materiais de construção, móveis, vestimentas e qualquer outro material no qual estejam escondidos. 

Entre as medidas para prevenir o estabelecimento de escorpiões, recomenda-se identificar e remover locais com entulhos, a fim de restringir possíveis abrigos; corrigir frestas e bloquear possíveis pontos de acesso; manejar adequadamente o lixo e a vegetação no ambiente e reduzir a disponibilidade de alimento, realizando o monitoramento e o controle de pragas que são predadas pelos escorpiões, como é o caso de baratas e outros insetos.

Para evitar acidentes, é muito importante estar atento ao menor sinal de escorpiões no ambiente e contratar profissionais especializados para realizar o manejo integrado, com utilização de produtos adequados. 

Controle eficiente de escorpião amarelo

Demand 10CS é um inseticida registrado para controle de diversas pragas, entre elas escorpiões. Formulado com a exclusiva tecnologia iCap, seu efeito residual duradouro pode chegar a meses de controle efetivo.

É indicado para tratamentos em áreas internas e externas, e sua aplicação deve ser realizada de modo localizado em locais onde os escorpiões se abrigam, como: entulhos, vegetações, lixo, frestas e fendas em paredes e locais de acesso como portas, janelas, ralos e em cima de muros. 

Testes comprovam a eficácia de Demand 10CS no controle de escorpiões amarelos. Confira a seguir:

Além de sua eficiência comprovada, o inseticida também:

  • apresenta odor reduzido;

  • é indicado para controle em áreas internas, críticas e sensíveis;

  • conta com uma embalagem autodosadora, que proporciona maior praticidade e precisão na aplicação;

  • é altamente efetivo contra uma grande variedade de pragas, incluindo mosquitos, escorpiões e aranhas.

Saiba mais sobre as nossas soluções para o controle de pragas urbanas acessando o nosso portfólio completo de produtos.